segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Dias que já lá vão...

Faz quase um ano... que a vida deu a volta do princípio ao fim! Hoje, parece que pouco mudou! A água que hoje passa debaixo da ponte, é uma água nova, nascida ontem, sem pecado nem sentimento. O meu cabelo está mais branco! Eu estou mais velho, e talvez um pouco mais triste e ausente de quase tudo. Estou aqui na mesma! Continuo a olhar para o meu mar, contemplando os meus pontos fixos já definidos e desgastados pelo olhar fixo e aberto. Sou eu, na mesma! Porque não haveria de ser? Aquele ponto vermelho já não passa por mim como antigamente! Sinto a falta desses momentos, de me maravilhar com tudo o que é simples e me faz sentir orgulhoso. Acho que preciso de emigrar! Vou vender os meus pastéis de nata algures para New York, deixando-me envelhecer em Central Park, caminhando de olhos fechados pela 5ª Avenida, admirando sentado - à noitinha - as luzes da Broadway! Vou trocar a minha praia por uma outra que lá haja, bem perto do meu farol favorito... Irei, mas jamais completo!

Sem comentários: