quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Solidão... amiga....

As saudades são algo que nos separa da realidade, que nos fazem sentir coisas que não imaginamos ser possível! Por saudades choramos, sentimos a falta, amámos e adormecemos! Por isso gostava que existisses e estivesses aqui, do meu lado, tal fada, sonho ou desejo, visão ou cegueira, abraço ou beijo! Sonhar, sentir e existir, sem nada que impeça esta mesma liberdade que nos permite ser felizes, ajudados pelo som de uma magnífica música que embala o nosso coração e ilumina os teus olhos, com os quais sonho de forma intemporal! Arrepio-me... porque sei o que sinto e como o sinto, mas estou só! Espera-me uma casa vazia, fria, sem ti, ainda que sejas um sonho! Suspiro e revolto-me, solidão eterna, companheira, ternura e amiga!

1 comentário:

Anónimo disse...

Compartilho tal tormento doce e amargo: "suspiro e revolto-me...",

...mas suspiro, suspiro sempre.

Doce sua alma, que algo puro e bonito o inspire a cada dia mais, meu amigo...

Alguém de Ribeirão