quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Teoria da Ilusão

A Teoria da Ilusão é um conjunto de sentimentos e sensações estranhas que me assolam em momentos muito específicos da minha vida, do meu dia, dos meus pensamentos! A Teoria da Ilusão é quando queremos muito uma coisa... uma coisa intemporal... que pode acontecer a qualquer momento! Uma daquelas coisas que nos faz vibrar em silêncio, que nos põe de alerta, virados ao instinto do desejo!
Eu estremeço incontrolavelmente sempre que sofro esta sensação! Tudo em mim abana, estremece; o chão sai-me dos pés e à minha volta tudo se torna cinzento por milésimos de segundo! Inicia o sonho, o desejo, e a vontade não tem hora certa e sabemos conscientemente que não acontece mas o sonho (teimoso) não deixa o desejo morrer e mantém-no ali vivo, presente, ofuscante, pelo tempo estritamente necessário a que se torne inesquecível, mas sempre repetitivo, constante!
E enquanto esse "tempo" não passa, o desejo perdura, o coração bate mais rápido (com tanta força que o ar parece pouco) e as formiguinhas fantasmas que habitam algures pela barriga divertem-se com as suas patinhas a criar aquela sensação divina e estranha, até infantil!

Pois isto é a Teoria da Ilusão, que começa no momento em que o meu telefone toca, o número não me é conhecido, e eu atendo e descubro que afinal não és tu! A minha teoria não é mais do que uma descrição de um desejo, de uma ilusão, que é poder ser surpreendido com a tua voz, distante e cativante, num dado momento, que me faça sorrir, que me faça feliz, que me faça banhar no oceano de felicidade que a imagem me proporcionaria!

Esta é a minha Teoria! Tu és a minha Ilusão!

Sem comentários: