quarta-feira, 3 de novembro de 2010

... lugares assim...

São lugares assim onde conseguimos a nossa tranquilidade: no meio da tormenta, do som avassalador do mar, do vento misturado nos gritos das gaivotas que teimam em voar, do segundo ruidoso dum piscar de olhos, ao momento do doce sorriso matinal em que o Sol aquece a Alma e tudo acalma!

Sem comentários: