domingo, 23 de janeiro de 2011

Pensamentos

Pensamentos à deriva de um qualquer sentimento, que se mistura pelos confins da alma, sem grande sentido, mas cheio de um delicioso sabor inebriante, forte, sentido, inesquecível!
Pensamentos à sombra da lua, apaixonados pela gaivota que bate a asa à distância da queda da lágrima no meu colo!

Pensamentos de tranquilidade, recheados com sabor do teu olhar, imagem serena, de virtudes, de sensações, onde a mística se mistura com o sonho daquilo que tanto se desejaria, ali, naquele momento pensado ao milímetro do desejo!
Pensamentos de tudo, de nada: de cheiros, cores e sabores! Pensamentos de momentos, de sorrisos, de olhares que se cruzam no hemisfério do milésimo! Mas nada se esquece! A lembrança desses pensamentos ainda cá está, cá ficará! Será a delícia da minha Alma! Serei eu, e mais um bocadinho de recortes de nostalgia!
Pensamentos... quaisquer! Desde que teus... porque esses serão para sempre, imutáveis, presentes, e deliciosamente doces!

Sem comentários: