sexta-feira, 1 de junho de 2012

... feito de sensações!

Sento-me à espreita da próxima onda, do próximo momento de tranquilidade, mesmo quando sei que ela não vem, está longe ou chateada comigo! Engraçado o efeito contínuo que o mar tem em mim; engraçado a forma como o sabor da maresia me ajuda a respirar, relaxa-me! Gostava de poder misturar isso tudo! Conduzir com os vidros abertos, sempre paralelo ao mar, sol a brilhar, rádio nas alturas com uma boa ópera, ou algo que me faça estremecer! Conduzo assim: faz-me bem! Encosto a cabeça atrás, inspiro fundo e deixo-me levar! Estremeço com a sonoridade que me relaxa! Relaxo com a sonoridade que me tranquiliza! Sou um ser feito de sensações, de estímulos; respondo ao cheiro do mar, inebrio-me na tranquilidade do sabor, do frio da água, do salgado que fica nos lábios; adoro a velocidade no cabelo, o som a estremecer-me a alma, vozes roucas que se elevam no meu horizonte!

1 comentário:

Rute disse...

Você continua escrevendo suave e profundamente. :) Rute